7 de setembro de 2009

Viva la vida!

Esse fim de semana tive uma notícia que me deixou meio pra baixo. Meu vizinho, 22 anos, morreu. Não se sabe o motivo ainda.

Ele estava sentindo dores, foi internado, o quadro piorou e ele morreu. Tudo isso aconteceu em três dias.

Eu não o conhecia, só o via de longe e sei que ele treinava na mesma academia que meu irmão.

Enfim, fiquei chocada com o fato. Primeiro porque percebi que não conheço nem meus vizinhos.

Quando eu era criança/adolescente eu vivia na rua. Conhecia todo mundo, brincava, jogava volei, conhecia todo mundo, os pais dos amigos, a família toda as vezes... ia nas casas uns dos outros.

Hoje quase não vejo ninguém da minha epóca e quando chego na minha casa não reconheço uma pessoa da rua. Não sei quem são as crianças, não sei quem são os vizinhos novos.

Isso mostra que nossas vidas tomam rumos bem diferentes das pessoas que convivemos e a gente nem se dá conta. Só vai perceber, as vezes, quando um parte desta vida.

Eu entendo que faz parte do ciclo da vida.. a gente se distancia de uns e conhece pessoas novas, tem experiência novas.. amadurece!

Mas talvez a gente não aproveita a vida como deve ser. Quando se vê já passou a semana, o mês, o ano.. E o que a gente faz? Quem a gente visita? A quem a gente ajuda?

No ínicio do ano eu fiz uma listinha de coisas que precisava realizar este ano.. sei que já estamos em meados de setembro e ainda faltam algumas coisas a se fazer, mas também sei que muitas delas foram ou estão sendo cumpridas.

Bom, com este post eu quero dizer que devemos aproveitar cada minuto ao lado das pessoas que a gente ama. A gente não sabe até quando elas estarão conosco.
--
Meu fim de semana-feriado foi ótimo. Sábado fomos ao cinema (Edu, Helo, Leo e eu) assistir Os Normais 2.. é muito bom, se quiser dar muita risada, assistam!
Depois assistimos o jogo em casa e enrolamos docinhos até uma hora da manhã. Foi divertido a bagunça na cozinha! E ainda bem que as encomendas para mamãe estão aumentando. Logo mais farei um blog para divulgar as artes dela.

Domingo foi aniversário de um amiguinho e ontem eu dormi muitoooooooooo.. que delícia! Há tempos eu não dormia a tarde toda.
Hoje o dia foi noite. Há quem diga que a noite será dia rs. (pensamentos do povo do Veirano)
--
É .. espero que São Pedro seja bomzinho e não faça mais isso. O trânsito fica um caos e muitas pessoas perdem seus lares com essas chuvas.
bjo.tchau

3 comentários:

Uma Mulher de Fases disse...

Tá postando tão bonitinho, que orgulho da tia...rs!
Verdade, moro aqui há dois anos e só conheço vizinhos de porta, os do andar de baixo, nem sei quem são.
Não vou ver a minha lista de coisas, se não eu juro que sento e choro!! hahahaha!

Beijos,

Katia Bonfadini disse...

Oi, Nanda! Vim conhecer seu blog e me encantei com seu texto... essas coisas fazem a gente pensar mesmo. Tive um amigo muito querido que também faleceu de repente aos 31 anos. Fiquei muito triste a a partir daí, comecei a pensar como a vida é efêmera e quanto tempo perdemos com coisas bobas. Meu amigo era um cara super otimista, cheio de planos pro futuro e muito generoso. Gostaria de ser um pouco mais como ele. Beijão e obrigada pelo comentário no blog!

Olavo disse...

è ando devendo visitas a amigos e milha lista do que fazer esta em minha cabeça...e ja mudou mil vezes rsrs
Beijão